Mapa Colaborativo

Divulgamos a primeira versão do mapa colaborativo para a comunidade usuária da bicicleta na Região Metropolitana de Belém. Já tivemos um mapa como esse no passado, na época do extinto CicloBelém. O presente mapa foi idealizado pelo Coletivo ParáCiclo, sendo um dos produtos propostos no projeto que aprovamos no edital do Fundo Socioambiental Casa. Dados iniciais foram coletados junto à comunidade ciclística, com membros do Bike Belém. Esses dados foram a base para a construção de uma campanha de verificação e validação de dados, coordenada por NaGeo. É preciso ter em mente que um mapa online colaborativo é dinâmico e está em constante construção. Para que ele seja funcional e útil é necessário que os usuários informem sempre as alterações verificadas no dia a dia, como fechamento ou abertura de estabelecimentos, mudanças nos contatos dos estabelecimentos, alteração na malha viária, etc. Ou seja precisamos da participação de todas as pessoas para manter o mapa sempre atualizado. PEDALE CONOSCO!

Link: Mapa Colaborativo Coletivo ParáCiclo

Paráciclo - logo original.pngkit de logos CASA Cidades

EI, VOCÊ PODE CONTRIBUIR TAMBÉM!!
Você que ajudar atualizar novos estabelecimentos, você é dono de uma loja ou oficina e que inserir no Mapa Colaborativo ?? Existem várias formas de contribuir:

• Envie um KML ou KMZ (o que é isso?), as coordenadas (latitude e longitude), ou simplesmente o link para a posição no Google Maps ou OpenStreetMap, ou ainda;
• Enviando endereço completo do local com fotos. Para lojas e oficinas, nome do estabelecimento, nome do proprietário, redes sociais e uma descrição dos serviços que é prestado. Aah ! o telefone também.
Sobre os paraciclos/bicicletários envie, além do endereço, duas fotos, sendo uma bem próxima para identificarmos o modelo e número de vagas e outra mais mais distante, dando pra ver sua posição em relação a outros objetos.
Todos os dados enviados serão checados antes de serem publicados. Quanto mais detalhada for a informação enviada mais rápida será sua inserção no mapa.

Coletivos de bicicleta da cidade irão realizar o Fórum da Mobilidade Ativa de Belém

Coletivos de bicicleta da cidade irão realizar o Fórum da Mobilidade Ativa de Belém. O evento tem por objetivo engajar mais pessoas na busca por uma cidade que priorize os modos ativos de locomoção e compartilhar o que tem sido desenvolvido para que a cidade se torne mais amigável a estes deslocamentos. Se você quer saber o que essa galera tem feito e pode contribuir para melhorar ainda mais as mobilizações, atividades e a cidade, chegue mais!

Esse é o lugar e momento certo para isso. Data: 24/07/18 Hora: 18h30 Local: Núcleo de conexões Ná Figueiredo (Av. Gentil Bitencourt, 449)

Inscrições

36671418_831625450380618_4112151733872885760_o

Dossiê pela mobilidade ativa é entregue ao Detran-PA

 

Coletivos cicloativistas de Belém fazem entrega do Dossiê nacional sobre a Resolução do CONTRAN nº 706/2017 que prevê, entre outras coisas, multar ciclistas e pedestres.

IMG-20180524-WA0020Foto: Daniel Nardim

O Dossiê elaborado sob a coordenação da União dos Ciclistas do Brasil (UCB) com auxílio dos diferentes coletivos do Brasil, dentre os quais os coletivos paraenses ParáCiclo e Ciclomobilidade Pará, foi entregue ao representante do Departamento de Trânsito do Pará – DETRAN/PA, Walmero Costa, nesta quinta-feira (24), durante reunião realizada com o DETRAN e Secretaria de Comunicação do Governo do Estado (SECOM).

O documento destaca o histórico da Resolução 706/2017, na qual previa que a partir de abril de 2018 passaria a valer a norma do Conselho Nacional do Trânsito – CONTRAN,que estabelecia as medidas para multar pedestres e ciclistas nas cidades brasileiras (Resolução Contran 706/2017).

No entanto, aos 45 minutos do segundo tempo, o Presidente do CONTRAN suspendeu a Resolução até março de 2019 pela Deliberação Contran 168/2018. Com isso, iniciou-se a mobilização a nível nacional tendo tal mudança uma oportunidade de mobilizar e argumentar para barrar as multas para pedestres e ciclistas em todo o Brasil.

Durante a reunião também foram discutidas estratégias de produção de dados estatísticos a respeito do uso da bicicleta em Belém a partir de metodologia aplicável anualmente. As ações da Rede Bike Anjo foram pautadas, dentre as quais o Projeto Bike na Obra, que procura qualificar e dar maior visibilidade aos trabalhadores da construção civil que utilizam a bicicleta como meio de transporte na cidade de Belém-PA.

A entrega do Dossiê tem por finalidade garantir a participação popular na construção de uma nova regulamentação que não penalize pedestres e ciclistas em um quadro de total abandono de infraestrutura básica nas cidades.

Fotos: Daniel Nardim

PLANEJAMENTO URBANO E MOVIMENTO CICLOATIVISTA DE BELÉM EM DEBATE

Entre os dias 15 e 18 de maio de 2018, foi realizado no Rio de Janeiro o 3º Seminário Internacional de Memória Social. A mobilidade por bicicleta de Belém esteve representada por Leo Grala, que apresentou trabalho coletivo intitulado “Planejamento Urbano e Ciclomobilidade, participação Social na Região Metropolitana de Belém“.
Este trabalho discorre sobre a configuração e trajetória histórica dos movimentos cicloativistas de Belém e RMB, pontuando algumas limitações e desafios existentes no engajamento dos movimentos populares.
A mesa foi dividida com trabalhos interessantes sobre Movimentos e Lutas populares na educação de Jovens e Adultos (Maria Duques/UESB) e “A rebelião dos Sutiãs” ocorrida no Rio de Janeiro em 1997 (Nahyá Nogueira/ISERJ), dentre outros.
Confira mais no Caderno de Resumos.
Fotos: Maria Luiza Ferreira Duques (UESB).